contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

Sobre Solange Lima

Minha foto

locutora publicitária por profissão e paixão, blogueira por hobby, contadora por um capricho do destino.

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

AIDS - O QUE VOCÊ TEM A VER COM ISSO?



Sim, ainda tem quem ache que pode ser contaminado por um aperto de mão.



Hoje, 1º de dezembro, é comemorado o dia mundial da luta contra a AIDS. O que você sabe sobre isso? Ah pera! Não tem nada a ver com você né? Você é todo certinho, não está em grupos de risco, logo, não está sujeito a ser contaminado e logo, não tem nada a ver com isso, cada um com seus problemas, certo?
Nesse ponto da conversa eu paro para pensar na hipocrisia ou no mínimo, incoerência da sociedade. Quando é para dar pitacos na vida alheia e julgar o quanto o outro gasta, com quem sai ou deixa de sair, se está gordo ou magro e tantas outras situações pertinentes a vida alheia, aí é da sua conta, (só que não). Mas quando trata-se de amor, compreensão, compaixão, coerência, informação, engajamento, lucidez, posicionamento em prol do outro, aí de repente não é da sua conta.
O vírus do HIV é algo que qualquer pessoa está sujeita a adquirir, não precisa estar em um grupo de risco. Então, se você se julga melhor porque não tem o vírus, já pode baixar seu nariz. Se você respira está sujeito sim, pode estar menos sujeito que um indivíduo que faça parte de um grupo de risco, mas não está imune. 
São feitas campanhas para alertar a população sobre os riscos de contaminação, principalmente em datas tendenciosas como o carnaval, e no dia do combate que é hoje fala-se ampla e exaustivamente. Mas sabe o que eu nunca vi nessas campanhas? A realidade. 
Fala-se por exemplo dos avanços da medicina em relação aos coquetéis, mas não fala-se dos efeitos, e não digo só os colaterais, que eles trazem. Não fala-se da segregação, do preconceito, não fala-se do número de pessoas que se quer aderem ao tratamento por medo de não suportar a pressão social e escolhem deixar-se morrer. Não fala-se do número de suicídios diretos ou indiretos, não fala-se da profundo solidão, da lepra social, das lutas diárias, não se ensina nas escolas, não, não, não.
Hoje a preocupação é ensinar nas escolas, cada vez mais cedo, sobre sexualidade, gêneros... mas essa mesma escola não ensina por exemplo, que meninas não precisam ceder para agradar o namorado ou ficante. 
Não ensinam que respeitar seu corpo é preservar-se. Não ensinam como se prevenir contra o vírus do HIV. Se podem ensinar sobre sexualidade, sobre gêneros, porque não podem ensinar desde cedo que apetar a mão de um colega que carrega no corpo o vírus do HIV não contamina? Porque não ensinam que um soro positivo também merece amor, carinho, dignidade e respeito como qualquer outro ser humano. 
Porque não ensinam que isso é um dever de todos, é um assunto de todos, é social. Crianças se sexualizam cada vez mais e mais cedo. O sexo é cada vez mais comum entre pré adolescentes sem estrutura para lidar com as emoções e responsabilidades que isso implica e o resultado é um número cada vez maior de jovens sendo contaminados. Aí, qual é a primeira coisa que você diz quando um jovem é contaminado através de uma relação sexual? 
- MAS COM TANTA INFORMAÇÃO HOJE EM DIA!? 
Informação é diferente de formação. #FicaaDica. 
Quem disse que você não tem nada a ver com isso? O sangue também está em suas mãos. Pare de fingir que não é com você. Saia dessa cultura de fechar a porta somente após ser roubado.



Por Solange Lima - Famosa quem(?) 
e-mail: solangelimaproducoes@hotmail.com 
WhatsApp (13) 98129 3515

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com