contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O TICO E O TECO

O TICO E O TECO
Tenho os dois, mas funcionam alternadamente.
É sério gente!
Quando sou colocada em confronto ou sobre pressão, quando preciso pensar rápido eles entram em conflito e um se apaga, acho que desmaia, deixa o outro na mão.
Ultimamente estou sendo colocada em situações onde os dois precisam trabalharem juntos.
Eles não estão acostumados com essa rotina, então acabam ficando exaustos e não acontece aquele entrosamento que faz a coisa fluir melhor, afinal eles mal se conhecem, apesar de serem vizinhos.
Tem sido uma experiência e tanto trabalhar com os dois ao mesmo tempo.
As vezes conseguimos resultados surpreendentes, até me orgulho.
Mas quando começam a exigir muito de nós, ter que pensar em várias coisas ao mesmo tempo, produzir várias coisas ao mesmo tempo, aí a casa cai.
Acho que meus amiguinhos são bem cavalheiros, um sede espaço para o outro.
Por isso que enquanto um trabalha o outro descansa.
Mas o tal trabalho em equipe também precisa ser valorizado, principalmente para uma mente que estuda arte dramática. 
Pelo menos eu já tenho certeza absoluta de que o papel de confusa e perdida eu poderei fazer com muita facilidade, esse eu tiro de letra.
Bem, está um calor insuportável e eu tenho 4 trabalhos para fazer para o curso, isso significa ter que pensar em 4 coisas diferentes, fora ensaiar, trabalhar(afinal preciso pagar as contas e comer), cuidar da Gabi, manter a casa limpa para afastar as lagartixas e lembrar de ser simpática, fazer a política da boa vizinhança quando na verdade estou querendo mandar ir as favas.
Agora, veja se isso não é pressão de mais para duas criaturas tão confusas como o meus queridos Tico e Teco.
O pior é ver as pessoas que conseguem dar conta de tudo sorrindo, sem dores, sem dificuldades.
Eu posso até dar conta, mas sabe Deus a que preço.

REFLEXÃO DO DIA:
"Porque nenhum de nós vive para si, e nenhum morre para si."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com