Postagens

Mostrando postagens de Maio 5, 2012

DEPENDENTE DE AMOR

Imagem
A parte teórica da vida é muito melhor do que a prática.  Se não melhor, ao menos é mais confortável. Já filosofei várias vezes sobre o amor próprio, sobre a importância de ser feliz independente do outro, encontrar a felicidade dentro de si, ser pleno mesmo que sozinho(sem companhia). No entanto, sabemos que na prática é tudo bem menos colorido. Na verdade quando amamos alguém, nos alimentamos desse amor. E esse alimento é a fonte de energia para tudo oque há em nós. Os problemas parecem pesar menos quando somos saciados por essa energia. Os defeitos são suportáveis, as longas caminhadas menos cansativas, as decepções acalentadas, o coração fica aquecido e até mesmo nossa solidão pessoal beneficia-se dessa energia estando só em plena luz. Sempre incentivo meus leitores a buscarem forças em seu interior, a se bastarem. Mas também entendo e acredito que originalmente fomos projetados para vivermos juntos, acompanhados, apoiados, compreendidos. É como se nossa alma sentisse falta de sua outra met…

PERPÉTUA INSATISFAÇÃO

Imagem
A insatisfação é inerente ao homem. Willian Shakespeare disse que o passado e o futuro parecem-nos sempre melhores; o presente, sempre pior. Chegar ao topo é bem mais prazeroso do que lá permanecer. Um grande exemplo são os artistas que conquistam a fama, eu disse a fama e não o sucesso. Lutam anos para serem reconhecidos e quando finalmente conseguem êxito, revoltam-se e angustiam-se com o assédio constante e a total falta de privacidade que sabidamente a fama proporciona. Grande parte deles refugiam-se nas drogas lícitas e ilícitas em busca do prazer que podiam sentir durante o percurso até o topo. Não é a fama nem o dinheiro "fácil" que os desestabilizam, mas a total inabilidade com a insatisfação de não visualizar algo além do topo. Quem não tem deseja ter; e quem tem não aproveita por que está focado em lamentar-se por não ter ainda mais. A paixão escraviza o homem.  E o que é mais apaixonante do que a conquista? E assim o homem acorrenta sua alma a insatisfação. Por isso a felici…