Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 27, 2012

COMO SER FORTE EM TEMPOS DE FRAQUEZA?

Como ser forte quando tudo em sua volta parece estar ruindo e não há onde se agarrar, se escorar, se esconder.. tudo o que você quer é se entregar ao problema e sofrer com pena de si mesmo até que ele suma ou você se acostume, se molde a situação? Como ser forte quando você quer ser fraco? Quando deseja se entregar, descansar, desistir de lutar? As vezes cansamos de ser fortes, de não chorar, não entregar os pontos, tomar decisões cautelosamente, fazer a coisa certa quando a coisa "errada" dói menos, sempre compreender, ser sereno, razoável. Tem horas que da vontade de ligar o dane-se e jogar tudo para o alto, ir na contra mão da sinalização de nossa razão, se entregar as vontades, desejos e sonhos impossíveis ou inapropriados. Vontade de pagar para ver. Tem horas que parece que nos sentimos intocáveis, ou acreditamos que não vai acontecer conosco. Ignoramos a lei da semeadura. As vezes ser forte arrebenta muito mais a nós mesmo do que a nosso adversário. Por vezes tenho pr…

A SABEDORIA

Passamos a vida nos enganando. Fazendo escolhas sabidamente erradas. Insistimos no erro por teimosia, por querer acreditar que como em um passe de mágica tudo será transformado. Gostamos de adaptar coisas e pessoas. Damos um jeitinho. Fazemos concessões e terminamos colando caquinhos quebrados, despedaçados de nossas emoções. A sabedoria é mais valiosa e preciosa que o ouro. Quando colocamos em prática tudo o que aprendemos com a vida, todas as nossas experiências, quando damos lugar ao traçado que a vida desenha e aplicamos em nossa realidade cada detalhe que foi absorvido durante a caminhada, estamos sendo sábios. A inteligência é anulada quando não caminha de mãos dadas com a sabedoria. Saber a hora de falar e a hora de calar. Ser sincero e não inconveniente. Ser sensível e não frouxo. Amar e não se anular Ceder e não se violentar. Ter calma e serenidade para tomar qualquer decisão. Aprender com os erros não os repetindo. Esses são fatores que resultam em sabedoria. A ordem dos fa…

ENFADONHA SANIDADE

Vontade de falar, de me expressar mas não sei o que nem como dizer. São tantas mudanças e ao mesmo tempo tudo está no mesmo lugar de sempre. Mudam os conhecimentos, as intenções, a consciência, a conscientização, mas não mudam as atitudes. Olho, percebo, reflito e desejo fazer algo mas acabo ficando exatamente no mesmo lugar. Faz tempo que tudo está parado, confuso e entediante. As tentativas de mudanças foram superficiais.  Um verdadeiro disfarce da realidade. Rascunho, amasso, jogo fora. Me boicoto, me venço, me ignoro e valorizo apenas o que minha insanidade deseja. Os dias passam e levam junto meu futuro que deveria estar sendo arquitetado. O que será de mim quando chegar lá na frente? O que tem sido de mim agora? Minha boca fala as mesmas coisas, sinalizando um profundo tédio e o vazio de minha alma. Pareço não me importar com coisa alguma. Ao mesmo tempo em que ocupo-me com pensamentos sobre como renascer. Sentimentos nulos.  Nem alegria, nem tristeza, emoção ou decepção, eufor…