contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

domingo, 9 de novembro de 2014

A ARTE DE ENGOLIR SAPOS

Quando a opção é viver em paz


Não é que você seja otário ou fraco por engolir sapos ao invés de se impor, se fazer ouvir.
É questão de sensatez. 
As vezes engolir sapo te faz mais sábio que o seu opressor. 
Estar com a razão nem sempre significa estar no direito de se impor.
O velho ditado diz que "manda quem pode e obedece quem tem juízo". 
As vezes o sapo nos é empurrado pela garganta através de pessoas que estão no nosso nível, logo, sentimos vontade de mandar tudo as favas e cuspir o sapo.
Mas a sensatez diz que não vale a pena se estressar, gastar energia com coisas insignificantes e uma pessoa que quer ser a dona da verdade e gosta de empurrar sapos nas gargantas alheias tem que ser considerada insignificante, irrelevante.
Se você tem dificuldade de engolir sapos e precisa sempre dar a ultima palavra, então precisa repensar suas atitudes e sua posição no mundo.
Talvez sinta-se superior e por tanto, precisa ser ouvido e ter suas colocações acatadas.
O fato é que de sapo em sapo, nos tornamos mais sublimes e menos mesquinhos. 
Quando estiver de saco cheio, respire fundo, vá passear, pescar, cantar, esfrie a cabeça.
Não vale a pena se indispor com pessoas pequenas que se acham grandes. 
A bíblia diz no livro de provérbios que "até o tolo se torna sábio quando se cala".
Logo, engolir sapos não é sinal de fraqueza ou de diminuição, ao contrário, é sinal de sabedoria, superioridade intelectual. 
Engolir sapos é uma arte.


Por Solange Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com