contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

CONSCIÊNCIA NEGRA

Conscientizar do que?

É mesmo necessário criar um dia para conscientizar a humanidade de que o negro é gente?
Apenas ser, não seria o suficiente?
Ainda que a humanidade levasse dias, anos, séculos, que utilizassem todos os dias de todos os anos para reparar as injustiças e absurdos cometidos contra a raça negra, nuca seria o suficiente.
Fomos tratados como lixo, escória. 
Uma cota que obrigue o branco, dono de universidade a aceitar o negro  não seria reconhecer que ainda somos escravos?
Seria como uma carta de alforria concedida apenas a alguns negros, como no passado.
As leis devem ser justas, como nunca foram.
Os direitos e deveres são iguais.
Em não se cumprindo a lei, que haja a justa punição.
O negro tem direito a cursar faculdade, a ter empregos que correspondam a sua capacidade e preparação para o mercado de trabalho e dever ser respeitado como qualquer outra pessoa de qualquer cor, credo, físico... se assim não for, que se cumpra a lei.
Cotas, dia da consciência negra, em nada alivia ou muda o que passamos.
Se é para reparar o que fizeram, então que criem leis mais severas e as façam valer de fato.
Quem infringir a lei que perca sua liberdade como os negros perderam.
O dia da consciência negra foi criado para a reflexão sobre a inserção do negro na sociedade. 
Por todo país são organizadas palestras sobre o tema, focam nas crianças, procuram ensinar a evitar o auto-preconceito.
O branco e todos os negros preconceituosos, devem ser conscientizados 365 dias no ano. Cria-se um dia específico para isso e ainda dão a eles um feriado para irem para suas casas de praia pisar nos menos favorecidos.
Deveria ser matéria escolar.
As crianças deveriam crescer sabendo que seus ancestrais foram ignorantes e desumanos, aprender que isso é errado e que hoje em dia a escravidão continua, velada mas ainda está aí.
Deveria ter tal importância que o aluno que não alcançar nota suficiente não passa de ano, como qualquer outra matéria importante.
Conscientização diária.
Trabalhos escolares, pesquisas, peças teatrais escolares, todos os mecanismos possíveis para conscientizar a criança que poderá um dia mudar o país, o mundo.
Por tudo o que passou, o negro hoje deveria ser mais do que respeitado, deveria ser honrado.
Me desculpe, mas um dia que da folga para todos os brancos se divertirem e descansarem, tá longe de ser conscientização.
Que se faça a conscientização diária, em todos os estabelecimentos, escolas, universidades, hospitais, em cada canto do mundo.
A cada vez que um negro for desrespeitado, que a lei seja severa, e junto com a aplicação da lei, venha um ensinamento, uma conscientização de que aquele ato está errado.
Sou negra sim, e isso não me faz menor nem maior que qualquer branco.
A lista de negros bem sucedidos é extensa, logo, prova-se que Q.I. e talento não tem cor, o preconceito sim.

REFLEXÃO DO DIA

"E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo".
(Mateus 22:39) - http://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/22





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com