contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

terça-feira, 5 de junho de 2012

LADRÃO DE SEMENTES

Quem nuca foi roubado?
Sementes preciosas, valiosas e únicas.
Produzidas em seu coração, no mais profundo de seu eu, de sua solidão.
Composta por desejos, sonhos, inseguranças, medos, carência, solidariedade, prazer, carinho, amor.
Com cuidado e muita dedicação, você planta a semente, rega, cuida, protege.
Espera pacientemente o tempo da colheita, sempre verificando se a terra está sendo bem cuidada, observando o tempo e suas consequências.
Um belo dia, certo de que chegou a hora da colheita, surpreende-se ao descobrir que a terra, alimentou-se de suas sementes, se fortaleceu e ficou com os frutos que eram seus por direito. 
Como um ventre seco que mata seus filhos.
Mas assim como as mamas continuam a produzir leite após a ceifa brutal, seu coração prossegue produzindo amor e carinho.
O que fazer com essa produção?
Não há ninguém para colher.
Terá que deixar secar e morrer aos poucos, enquanto você assiste ultrajado o descarte e sepultamento do melhor que havia em você.
Ladrões de sementes, são especialistas em alimentar-se de calor humano, amor e dedicação.
Alimentam-se mas não produzem e tão pouco reproduzem.
Só colhem, sem nunca ter plantado.
Simulam plantações, com sementes feitas de ilusões e projeções.

REFLEXÃO DO DIA:
"Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;" 
(Eclesiastes 3:2) - http://www.bibliaonline.com.br/acf/ec/3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com