contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

segunda-feira, 26 de março de 2012

ENGANO

Engana-se quem acha que pode controlar o sentimento.
Seja ele positivo ou negativo.
A verdade é que somos reféns.
Ele vem sem aviso, sem pedir licença e sem prazo de validade.
Raiva, amor, inveja, alegria, tristeza, ciumes... todos eles rondam nosso coração.
De repente quando menos esperamos somos surpreendidos por um sentimento que não era para estar ali.
Racionalmente podemos até lidar com ele, mas não extingui-lo, pelo menos não quando queremos, ele tem o seu próprio tempo.
E se vai da mesma forma que chega, sem que percebamos.
Por tanto, não adianta sofrer lutando contra um sentimento indesejável, viver ansioso(a) a espera da libertação do mesmo, porque o sentimento parece o vírus da gripe, enquanto não completa seu ciclo não há vacina ou remédio que o combata.
Quantas vezes você sentiu ciumes quando não tinha a menor razão de ser?
Ou se apaixonou pela pessoa errada, a mais improvável enquanto a pessoa "certa" era rejeitada por seu coração.
Chico Buarque em sua música "FLOR DA IDADE" de 1973 já descrevia:
Carlos amava Dora, que amava Lia, que amava Léa, que amava Paulo...
Parece que é assim desde que o mundo é mundo.
Quanto mais remamos para a saída mais no lugar permanecemos.
Todo esse esforço só resulta em um absurdo desperdício de energia.
É claro que devemos colocar rédias em nossas emoções e dar a ela uma dose de sanidade, mas também é verdade que devemos compreender e respeitar o ciclo da vida.
Tudo tem seu tempo e lugar.
Nada vem ou vai por um acaso.
Enquanto estiver envolvido em um sentimento que julga não ser oportuno ou correto, pare tudo e analise-se. 
Tente extrair aprendizado de tudo o que vive e sente.
Transforme cada sentimento em experiência e sabedoria.
É necessário evoluir, e para isso passamos por situações diversas.
Não desperdice sementes.
Você precisa germinar.
Enquanto reclamamos, sofremos ou nos desgastamos remando contra a maré, matamos uma semente enterrando-a descuidadosamente.
Ao passo em que ao nos empenharmos em aprender com as oportunidades que nos chegam, damos frutos, multiplicamos nossa semente.
Então lembre-se: O mais importante não é o sentimento ou o porque dele está aí, mas sim oque você vai aprender com ele, no que lhe será útil e como vai extrair lições disso tudo.
A vida é uma constante reflexão, não é a toa que ganhamos dois olhos, dois ouvidos e só uma boca.
Pegue sua pedra e vá pensar.

REFLEXÃO DO DIA:
"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu." 
(Eclesiastes 3:1) - http://www.bibliaonline.com.br/acf/ec/3

  • para entrar me contato com Solange Lima mande e-mail para "oblogdasolangelima@hotmail.com"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com