contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

ENCONTRE A ROSA




Olhando assim para essa linda obra de Deus só vemos sua beleza e encantamento. 
Que coisa tão linda e perfeita! 
Todos se encantam, mesmo os que não gostam de flores concordam que são no mínimo bonitas. 
Porém, ao lidar com elas percebemos que apesar de delicadas e encantadoras trazem algo que machuca e as tornam perigosas para os menos atentos e descuidados. 
O espinho de uma rosa fere, porém ao sabermos disso tomamos todo o cuidado ao lidarmos com ela para não deixarmos que nos machuque, mas jamais deixaremos de apreciá-la e valorizá-la. Ninguém despreza uma rosa, ou muda seu conceito em relação a sua beleza por saber que ela tem espinhos.  
Então... por que fazemos isso com os seres humanos? 
Como diz a bíblia, as rosas assim como todas as flores murcham, acabam, não tem sentimentos. 
Porém não só aprendemos a lidar com seus espinhos como também sabemos lidar com toda a delicadeza e limitações de uma rosa. 
Por que não nos esforçamos para aprender a lidar com as diferenças de nosso próximo? 
Por que julgamos e repelimos as pessoas  por conta de seus espinhos?

Uma das mais admiráveis qualidades que uma pessoa pode possuir é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro de seu semelhante. 
Esta é a característica do amor.
Sendo desabrochada ou sendo um pequeno botão sempre haverá dentro de cada pessoa uma rosa em potencial. 
Com beleza, cores, perfume, naturalidade, encanto, vida, suavidade, fragilidade e delicadeza. 
Cabe a nós passarmos pelos espinhos e encontrarmos a rosa.


4 comentários:

  1. as pessoas andam muito sem amor, sem sentimentos aff...cade o amor desse povo, cade Deus nestas vidas????? A midia influencia muito eu acho

    ResponderExcluir
  2. Solange, que lindo este artigo. Parabéns.
    Sabe querida, os jardineiros amam as flores e por isso cuidam de cada detalhe, porque sabem que não há amor fora da experiência do cuidado. Por isto a cada dia o jardineiro perdoa as suas roseiras.
    Flores e espinhos são belezas Solange. Belezas que se dão juntas. Não devemos querer uma só. Elas não sabem viver sozinhas.
    A beleza da rosa vale o incômodo dos espinhos.
    Nosso amor pelas pessoas deve ser a equação onde prevalece a multiplicação do perdão. E isto se percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha em seus olhos e diz: "Mesmo fazendo tudo errado eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto.”
    Depende de nós entristecermos pelos espinhos de uma rosa ou alegrarmos pelas rosas dos espinhos.
    Para mim princesa, o que perpetua a beleza de uma rosa é sua genuinidade, pois nos mostra sua beleza sem esconder seus espinhos. E entendo que nossa pior prisão é aquela quando a gente descobre que estamos sendo não aquilo que somos, mas o que o outro gostaria que fôssemos.
    O que me seduz em Jesus é descobrir que nele há uma capacidade imensa de olhar dentro dos olhos e fazer que aquele que está sendo observado reconheça plenamente que seus olhos, sem desconhecer os espinhos, enfatizam as rosas de nosso jardim.
    Analisando a vida de Jesus me parece que Ele apontava jardins secretos em aparentes desertos.

    Te quero muito.
    Beijos amor.

    ResponderExcluir
  3. Não tenho palavras para expressar minha admiração por seu comentário, simplesmente PERFEITO!
    MUITO OBRIGADA!
    PARABÉNS!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com