contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

domingo, 8 de setembro de 2013

CARA E COROA

AS FACES DA MESMA MOEDA

Intrigante dualidade que molda o ser humano.
"Quem vê cara não vê coração" - "As aparências enganam"
Quantas vezes você já ouviu isso?
Não trata-se de um caráter duvidoso, o fato é que ninguém é apenas o que parece ser.
Não são as máscaras que usamos para viver em sociedade, mas sim a essência do ser humano que veio marcada e traçada com duas faces.
Certamente para que houvesse um equilíbrio.
A diferença é que há pessoas que conseguem evoluir e manter-se a maior parte do tempo apresentando sua face do bem.
Outras no entanto evidenciam sua face do mal.
Porém, ninguém é o mesmo 24 horas por dia.
As fases da vida vão ditando qual o lado da moeda vai sobressair.
Já ouviu alguém dizer: Sou muito boa, mas não pise no meu calo!
Essa pessoa está dizendo nada mais nada menos que atualmente vive em sua face do bem, no entanto, se a instigarem conhecerão sua outra face.
Não é uma questão de escolha ou de ser mais ou menos especial, todos somos assim.
Experimente afastar-se do bem e alimente seu lado mais primitivo e verás do que és capaz. Conhecerás quanto mal pode haver dentro de você.
Isso explica pessoas do bem, confiáveis, que fazem mal a crianças ou a idosos indefesos, pessoas rudes e de conduta desprezível que surpreendem com atitudes altruístas.
Se observar bem, as pessoas sempre agem por compensação. Uma postura que compensa a outra.
Estive a observar duas irmãs, uma muito respeitada e considerada sensata, correta, introspectiva, recatada, de palavras ponderadas e sábias. A outra, desacredita, falante, explosiva, insana, sem pudores.
Qual das duas você julga capaz de usar um palavreado chulo e agressivo?
Acertou se respondeu a primeira irmã.
A outra, apesar de seu despudor, é incapaz de pronunciar qualquer palavra que julgue imprópria. 
Ou seja, agimos com total incoerência como se fora uma compensação, o que nos leva muitas vezes a parecermos dissimulados, falsos ou estrategistas, quando na verdade estamos apenas mostrando a outra face da nossa moeda numa inconsciente tentativa de chegarmos a um equilíbrio.
Acredito que podemos aprender muito com nossos dois lados. Cada um tem um pouco para nos dar e nos ensinar, basta estarmos atentos, de olhos e ouvidos bem abertos para dosarmos um pouco de cada face e vivermos em harmonia e equilíbrio.
Já se pegou falando sozinho?
Que bom, significa que está consultando sua outra face para buscar uma saída equilibrada. 
Não há nada de insano nisso, muito pelo contrário.
Insano são aqueles que insistem em serem normais.

REFLEXÃO
"Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor".



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com