contato

A liberdade da solidão é a segurança de não ser compreendido, pois aquele que nos compreende escraviza alguma coisa em nós.(Khalil Gibran)



Whatsapp - (13) 98129 3515

O blog da Solange Lima Headline Animator

traduza este blog para o seu idioma

sábado, 25 de fevereiro de 2012

ANTES SÓ DO QUE MAL ABANDONADO(A)

Ele(a) te deixou, terminou o relacionamento mas você não.
Em seu coração você ainda está se relacionando com ele(a).
E agora, oque fazer?
Cada pessoa reage de um jeito, mas em geral quando trata-se de uma relação unilateral, a parte abandonada adoece profundamente.
Entra em processo auto destrutivo que envolve noites sem dormir, perda de fome e horas olhando fotos e tudo o que possa lembrar a pessoa amada.
Na verdade o procedimento deveria ser exatamente o contrário.
Esse é o momento para ficar com você mesmo.
O problema é que na grande maioria das vezes, pessoas que sofrem dessa forma ao terem um relacionamento rompido, passaram todo o tempo se esvaziando para doar-se ao outro.
Na hora de ficar a sós consigo não sabem como fazê-lo, não se conhecem, não se curtem, não se amam o suficiente para desejar sua própria companhia.
Fazer uma masturbação mental, pensando ininterruptamente na pessoa que te deixou é patológico.
ANTES SÓ DO QUE MAL ABANDONADO(A).
Estar "abandonado(a)" e ao mesmo tempo viver com a mente acompanhada por pensamentos constantes sobre o outro é cansativo e deprimente.
Ou você acostuma-se a viver sozinho(a), ou sofrerá desnecessariamente.
De nada vai adiantar gastar toda sua energia pensando em algo que já completou o seu ciclo.
Empenhe sua energia no agora, em sua vida.
Acostume-se a viver com você.
Aproveite o seu tempo a sós para refletir sobre sua vida, seus projetos e sobre as experiências que adquiriu nesse relacionamento. 
Existem pessoas que terminam relacionamentos mas continuam mantendo contato, se vendo, tornando mais difícil para o outro conseguir esquecer dos momentos que viveram juntos.
Coloque-se sempre em primeiro lugar, proteja o seu coração. Se é nocivo para você conviver com seu(a) ex, então não aceite essa convivência. Se terminaram, você tem esse direito.
Se ele(a) te deixou, fez a opção de viver sem você, então que assim seja.
Ou deixa ou não deixa, em cima do muro não dá, não é saudável.
Deixar a pessoa mas não querer deixar os benefícios que ela propõe, não.
Não aceite isso, se valorize, se respeite, se ame!
ANTES SÓ DO QUE MAL ABANDONADO(A)

REFLEXÃO DO DIA:
"A alma farta pisa o favo de mel, mas para a alma faminta todo amargo é doce." 
(Provérbios 27:7) - http://www.bibliaonline.com.br/acf/pv/27
  • para entrar me contato com Solange Lima mande e-mail para "oblogdasolangelima@hotmail.com"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por seu comentário!
solangelimaproducoes@hotmail.com